JORNAL SEM PATRÃO: O ‘PRETO NO BRANCO’ NO ENFRENTAMENTO DA DITADURA MILITAR

Camila Escudero, Helder Marques de Sousa Coelho

Resumo


Este estudo enfoca a experiência do Preto no Branco, criado pela Cooperativa dos Jornalistas de Santos – Jornacoop (1979-1980). O objetivo é discutir, no contexto das conexões entre história e comunicação, as formas de comunicação da história, tendo como recorte o conteúdo do periódico sobre ditadura militar. Destacam-se ainda a ênfase na história do jornal e sua inserção no panorama da imprensa alternativa. Para isso, fizemos uso de pesquisa bibliográfica e documental, análise de conteúdo e entrevistas semiestruturadas. Entre os principais resultados, indica-se que o jornal se destacou por sua relativa longevidade e por seu caráter cooperativista, além de ter destacado e registrado a ditadura militar em Santos, cidade brasileira bastante penalizada pelo regime.


Palavras-chave


IMPRENSA ALTERNATIVA; DITADURA MILITAR; COOPERATIVAS DE JORNALISTAS; JORNAL PRETO NO BRANCO.

Texto completo:

PDF