A PANDEMIA DE COVID-19 NO YOUTUBE: CIÊNCIA, ENTRETENIMENTO E NEGACIONISMO

Luisa Medeiros Massarani, Márcia Cristina Rocha Costa, Antonio Marcos Pereira Brotas

Resumo


Neste artigo, analisamos 65 vídeos de influenciadores brasileiros sobre a COVID-19, postados no YouTube entre 01/12/2019 e 15/05/2020, com mais de cem mil visualizações. A análise do enquadramento (framing) identificou os sentidos interpretativos de vozes tradicionais da ciência e da medicina a conteúdos de atores religiosos e youtubers de entretenimento. Observamos que os influenciadores com maior visualização valorizaram questões da ciência e tecnologia, enquanto os negacionistas priorizam os frames político e religioso. Verifica-se o engajamento de influenciadores do entretenimento e seu potencial para novas formas de divulgação científica.

Palavras-chave


COVID-19; Youtube; enquadramento; ciência

Texto completo:

PDF