¿POLÍTICA DE COMUNICACIÓN O COMUNICACIÓN ALTERNATIVA?

Autores

  • Oswaldo Capriles

Resumo

Resumen

Oswaldo Capriles desarrolla una reflexión crítica en torno a la comunicación alternativa a la denomina la “otra comunicación”. Presenta primero el deliberado y confuso paradigma de una "nueva" u "otra" comunicación y el uso alternativo de medios masivos de difusión, identificando cierta utopía para la reproducción de mensajes. Describe un modelo general de las características de la comunicación alternativa, admitiendo ambigüedades y señalando que se trata de un campo inagotado. Narra experiencias “alternativas” en Venezuela que se destacan por su singularidad, para después considerar el tema de una política de comunicación, o política cultural, que lleve a perfeccionar la interacción de los sujetos sociales en los procesos de producción, circulación y reproducción del sentido, de acuerdo con intereses reales y, por tanto, que fomente la incidencia en la toma de las decisiones fundamentales de la sociedad.

Palabras clave: comunicación alternativa; modelo de comunicación; experiencias alternativas en Venezuela; política de comunicación.

 

Abstract

Oswaldo Capriles develops a critical reflection of the alternative communication that he calls the “other communication”. Firstly he presents the deliberate and confusing paradigm of a “new” or “other” communication and the alternative use of the means of communication, identifying a certain utopia for the reproduction of the messages. He describes a general model of the characteristics of alternative communication, admitting ambiguities and pointing out an undefined field. He also narrates “alternative” experiences in Venezuela that stand out due to their singularity, and following this considers the thematics of a communication policy or of the cultural policy, which leads to a better interaction of the social subjects in the processes of production, circulation and reproduction of sense, pursuant to the real interests and, thus, that encourages the incidence in taking fundamental decisions of the society.

Keywords: alternative communication; standard of communication; alternative experiences in Venezuela; the communication policy.

 

Resumo

Oswaldo Capriles desenvolve uma reflexão crítica em torno da comunicação alternativa que denomina a “outra comunicação”. Primeiramente, apresenta o deliberado e confuso paradigma de uma “nova” ou “outra” comunicação e o uso alternativo dos meios de comunicação, identificando certa utopia para a reprodução da mensagem. Descreve um modelo geral das características da comunicação alternativa, admitindo ambiguidades e apontando para um campo indefinido. Ele também narra experiências “alternativas” na Venezuela que se destacam pela sua singularidade, para, em seguida, considerar a temática de uma política de comunicação ou da política cultural, que leva a uma melhor interação dos sujeitos sociais nos processos de produção, circulação e reprodução de sentido, de acordo com os interesses reais e, portanto, que incentive a incidência na tomada de decisões fundamentais da sociedade.

Palavras-chave: comunicação alternativa; padrão de comunicação; experiências alternativas na Venezuela; a política de comunicação.

Downloads

Publicado

04-07-2016

Edição

Seção

Comunicações Científicas / Comunicaciones Científicas