APAGÃO ANALÓGICO E DIGITAL NA TV ABERTA BRASILEIRA E A FALÁCIA DA INTERATIVIDADE

Autores

  • Patrícia Maurício Carvalho Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

Palavras-chave:

Televisão, TV digital, modelo de negócios, interesse público.

Resumo

Resumo

O fim da TV aberta brasileira analógica será em 2018, quando toda a transmissão e recepção passarão a ser digitais. Mas o projeto de uma TV que fizesse a inclusão digital do povo enquanto a internet não estivesse disseminada fracassou. Portanto, em termos de benefícios à população, existe também um apagão na TV em seu modo digital. Interesses privados praticamente excluíram a interatividade, instrumento da inclusão digital, do processo. Concluo que a saída é que academia e sociedade centrem esforços na disseminação da internet para a população mais pobre e na regulação das comunicações com base no interesse público.

Palavras-Chave: Televisão; TV Digital; Modelo de Negócios; Interesse Público.

 

Abstract

The end of Brazilian open analogical TV will occur in 2018, when all of the transmissions and receptions will be digital. But the project of a TV that could give rise to digital inclusion of the people while the Internet was not disseminated failed. Thus, in terms of benefits for the population, there is also a blackout in TV in its digital mode. Private interests practically excluded the interactivity, an instrument for digital inclusion, from the process. I conclude that the way out is that academics and the society must center focuses on the dissemination of the Internet to the poorest and on the regulation of communications based on the public interest.

Keywords: Television; digital TV; business model; public interest.

 

Resumen

El fin de la emisión analógica de televisión brasilera será en 2018, cuando toda la transmisión y recepción serán digitales. Pero el proyecto de una televisión que hizo la inclusión digital de la población, mientras que el Internet no era generalizado, falló. Así que en términos de beneficios para la población, hay un apagón en la televisión en el modo digital. Intereses privados prácticamente excluyeron la interactividad, que traería la inclusión digital. Se concluye que la salida es que los esfuerzos de enfoque académico y de la sociedad se centren en la difusión de Internet a las personas más pobres y en la regulación de las comunicaciones con base en el interés público.

Palabras clave: Televisión; TV digital; Modelo de negocio; Interés público.

Biografia do Autor

Patrícia Maurício Carvalho, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

Professora e coordenadora do curso de Jornalismo do Departamento de Comunicação da PUC-Rio, mestre e doutora em Comunicação e Cultura pela UFRJ. Áreas de pesquisa: Mídias digitais e Jornalismo.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

04-01-2017

Edição

Seção

Dossiê: Comunicação, Economia, Ética, Direitos e Política / Dosier: Comunicación, Economía, Ética, Derechos y Política