COSMOPRAXIS COMUNICACIONAL DOS POVOS INDÍGENAS KAIOWÁ E GUARANI: RESISTÊNCIA E LUTA POR VISIBILIDADE

Autores

  • Luciana de Olveira Universidade Federal de Minas Gerais

Palavras-chave:

VISIBILIDADE, RESISTÊNCIA, KAIOWÁ E GUARANI.

Resumo

As lutas dos povos indígenas no Brasil acumulam, dentre tantos outros déficits, a ausência nos campos de visibilidade hegemônicos. O caso dos povos Kaiowá e Guarani merece especial atenção, não só por se tratar da segunda maior população indígena no Brasil, mas também por caracterizar-se como um dos casos mais flagrantes de violações de direitos. No artigo, apresento as principais características da gestão necropolítica do Estado e de agentes privados na manutenção desse contexto, bem como as criativas formas de afirmação da existência elaboradas pelos indígenas e sua luta por visibilidade.

Biografia do Autor

Luciana de Olveira, Universidade Federal de Minas Gerais

Professora e pesquisadora junto ao Programa de Pós Graduação em Comunicação Social da UFMG. Professora dos cursos de graduação Jornalismo, Publicidade e Relações Públicas do Departamento de Comunicação Social da UFMG.Líder do Coletivo de Estudos, Pesquisas Etnográficas e Ação Comunicacional em Contextos de Risco (Corisco)

Downloads

Publicado

19-09-2020

Edição

Seção

Dossiê: Comunicação popular, cidadania e mudança social / Dosier: Comunicación Popular, Ciudadanía y Cambio Social