“A HORA DO XIBÉ”: COMUNICAÇÃO E JUVENTUDE INDÍGENA NO BAIXO AMAZONAS

Autores

  • Tiago Quiroga Professor adjunto da Faculdade de Comunicação (FAC), Universidade de Brasília (UnB), vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Comunicação na linha de pesquisa Imagem, Estética e Cultura Contemporânea.
  • Tatiana Castro Doutoranda em Comunicação pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade de Brasília (UnB), linha de pesquisa Imagem, Estética e Cultura Contemporânea.

Palavras-chave:

JUVENTUDE, INDÍGENAS, COMUNICAÇÃO, HIBRIDISMO CULTURAL

Resumo

A partir da problemática aliança entre o neoconservadorismo da cultura e o avanço das normatividades práticas do neoliberalismo, discute-se a vulnerabilidade dos povos originários do Baixo Amazonas. Com ênfase na juventude, um dos estratos sociais mais suscetíveis ao Estado empresarial, o artigo situa a apropriação (Hall, 2006) dos circuitos de comunicação como forma de organização e resistência. A análise empírica ocupa-se do programa “A Hora do Xibé” veiculado, desde 2007, na rádio rural de Santarém-PA. Pelo viés dos hibridismos identitários, insiste-se na dialética da luta cultural e da comunicação como espaços estratégicos de ação.

Biografia do Autor

Tiago Quiroga, Professor adjunto da Faculdade de Comunicação (FAC), Universidade de Brasília (UnB), vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Comunicação na linha de pesquisa Imagem, Estética e Cultura Contemporânea.

Pós-doutorado [2017-2018] Interdisziplinäre Zentrum für Historische Anthropologie, Freie Universität (FUB), Berlim, Alemanha. Bolsa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Doutorado [2009] Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP). Bolsa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Mestrado [2004] Comunicação e Cultura pela Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ECO-UFRJ). Bolsa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Especialização em Fotografia como Instrumento de Pesquisa em Ciências Sociais pela Universidade Cândido Mendes [2001]. Bacharel em Jornalismo [2000] Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (ECO-UFRJ). Professor adjunto da Faculdade de Comunicação (FAC), Universidade de Brasília (UnB). Atua nas áreas de Teoria da Comunicação, Métodos e Técnicas de Pesquisa em Comunicação, Filosofia e Epistemologia da Comunicação, Comunicação e Cultura, Comunicação Organizacional. Autor do livro Pensando a episteme comunicacional (EDUEPB: 2013/ScIELO Livros). Líder de grupo de pesquisa certificado pelo Conselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico (CNPq), Ambiente 33 - Espacialidades, Comunicação, Estética e Tecnologias; membro do Laboratório de Experimentação em Linguagens Digitais para Dispositivos Móveis e Desenvolvimento de Novos Produtos Jornalísticos para tablets e smartphones (Labdim), certificado pelo Conselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico (CNPq). Membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade de Brasília (PPGCOM-UnB), linha de pesquisa Imagem, Estética e Cultura Contemporânea. Parecerista de associações científicas da área de comunicação; membro do conselho editorial e/ou avaliador de revistas científicas em Comunicação. 



Post-doctorate in Anthropology, Freie Universität Berlin; Doctorate in Communication Sciences, School of Communications and Arts, University of São Paulo (ECA-USP); Master's Degree in Communication and Culture from the School of Communication, Federal University of Rio de Janeiro (ECO-UFRJ). Assistant Professor in the School of Communication (FAC), University of Brasilia (UnB); Researcher and professor in the concentration area of Theories and Technologies of Communication in the Postgraduate Program in Communication Studies in that institution

Tatiana Castro, Doutoranda em Comunicação pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade de Brasília (UnB), linha de pesquisa Imagem, Estética e Cultura Contemporânea.

Doutoranda em Comunicação pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade de Brasília (UnB), linha de pesquisa Imagem, Estética e Cultura Contemporânea. Mestre em Educação pela Universidade de Brasília. Área de Concentração: Comunicação e Educação.

Downloads

Publicado

19-09-2020

Como Citar

QUIROGA, T.; CASTRO, T. “A HORA DO XIBÉ”: COMUNICAÇÃO E JUVENTUDE INDÍGENA NO BAIXO AMAZONAS. Revista Latinoamericana de Ciencias de la Comunicación, [S. l.], v. 19, n. 33, 2020. Disponível em: http://revista.pubalaic.org/index.php/alaic/article/view/617. Acesso em: 28 jan. 2023.

Edição

Seção

Dossiê: Comunicação popular, cidadania e mudança social / Dosier: Comunicación Popular, Ciudadanía y Cambio Social