A CORRIDA DA VACINA: UMA ANÁLISE DOS DISCURSOS DE SITES JORNALÍSTICOS DA RÚSSIA, DA CHINA E DO BRASIL.

Autores

  • Wedencley Alves Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
  • Alexander Marchenko Universidade de São Petersburgo, Faculdade de Jornalismo
  • Luyang He Centro de Estudos Brasileiros do Instituto de América Latina, da Academia Chinesa de Ciências Sociais

Palavras-chave:

Jornalismo, Pandemia, Vacina, Análise de Discurso

Resumo

O presente artigo empreende uma análise discursiva da cobertura jornalística sobre a busca pela vacina contra a Covid-19 de forma comparada em três países, todos pertencentes ao bloco econômico Brics. Para isso lança mão de reportagens publicadas em três sites jornalísticos, Uol/Folha de S. Paulo (Brasil), Kommersant (Rússia) e People (China), durante o mês de julho, quando ao menos oito instituições/empresas anunciaram a chegada dos testes à terceira fase. O objetivo da análise é verificar regularidades, proximidades e diferenças discursivas entre a cobertura de países de tradições jornalísticas e realidades sociais relevantes.

Biografia do Autor

Wedencley Alves, Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

É professor Adjunto III (DE) da Facom-UFJF e de seu programa de pós-graduação strito sensu, onde integra a linha Comunicação e Poder. Com pós-doutorado pela EHESS (Paris), possui doutorado em Linguística (UNICAMP, 2007) e mestrado em Comunicação pela UFF (2002). Coordena o grupo SENSUS - Discursos em Comunicação e Saúde, certificado pela instituição. Participa desde 2007, do grupo EPOS (IMS-Uerj), que se dedica a questões sobre patologização e criminalização da juventude. Trabalha prioritariamente com I) "Comunicação, Saúde e Sociedade", numa perspectiva discursiva, e cujos subtemas de interesse são: 1. Políticas públicas de saúde, comunicação e discursos 2. Configurações discursivas na mídia sobre "saúde" e "doença" 3. Mídia, sensibilidades e sentidos de mal estar "psíquico" e "social" 4. A imprensa como espaço discursivo de disputas institucionais e de saberes na saúde 5. Sentidos e sem-sentidos sobre "sexualidade" em sociedades mediadas 6. Sujeito, corpo, espaço em cenários discursivos E II) "Pesquisas em metodologia de Análise do Discurso (Pêcheux-Orlandi)"

Alexander Marchenko, Universidade de São Petersburgo, Faculdade de Jornalismo

Doutor em Comunicação pela Universidade Estadual de São Petersburgo

Luyang He, Centro de Estudos Brasileiros do Instituto de América Latina, da Academia Chinesa de Ciências Sociais

Assistente de pesquisa, graduada em Português na Beijing Foreign Studies University, tem trabalhado desde 2011 na ILAS/CASS.

Downloads

Publicado

03-02-2021

Edição

Seção

Dossiê: Comunicação popular, cidadania e mudança social / Dosier: Comunicación Popular, Ciudadanía y Cambio Social