Folclore e adaptação - os tensionamentos em “Cidade Invisível”

Autores

  • Andriolli de Brites da Costa

Resumo

Este artigo consiste em uma crítica cultural da série Cidade Invisível (2021), dirigida por
Carlos Saldanha e produzida pela Netflix. Seu objetivo é refletir sobre os tensionamentos
e desafios que permeiam a adaptação do folclore para uma nova mídia, em um processo
fundamentalmente folkmidiático. Inserida nas tensões entre reconhecimento identitário e
disputas narrativas, a série torna-se exemplo paradigmático para compreender os embates
contemporâneos que permeiam o campo: a busca infindável pelo supostamente “legítimo”;
as limitações inerentes à cristalização da pluralidade das narrativas orais; a confusão entre
tradição e ficção e a iluminação mútua entre texto-fonte e sua adaptação.
PALAVRAS-CHAVE: folclore; adaptação; cidade invisível; mito

Downloads

Publicado

09-03-2022