Sistema de mídia vs. accountability: mensurando barreiras ao media opening

Autores

  • Juliano Mendonça Domingues da Silva Universidade Católica de Pernambuco (Unicap)

Palavras-chave:

media opening; mídia e democracia; qualidade da democracia

Resumo

Este artigo investiga a relação entre sistemas de mídia e contexto político, guiado pelo problema: como barreiras ao media opening se relacionam com qualidade da democracia? Com base no modelo explicativo de Hughes e Lawson (2002), testou-se a relação entre contexto político e o que a literatura aponta como barreiras ao fenômeno media opening. A base de dados utilizada diz respeito a um levantamento populacional da Freedom House e do The World Bank Group que reúne informações sobre 194 países. Os resultados confirmaram empiricamente a previsão teórica: influência econômica, legal e política sobre a mídia, enquanto barreiras a sistemas de mídia mais abertos e independentes, são variáveis fortemente associadas a déficit de accontability.  

Biografia do Autor

Juliano Mendonça Domingues da Silva, Universidade Católica de Pernambuco (Unicap)

Professor e pesquisador da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), coordenador do Programa de Pós-graduação em Indústrias Criativas (PPGCriativas), jornalista (Unicap), cientista social (UFPE), mestre e doutor em Ciência Política (UFPE) com pós-doutorado em Comunicação (UFBA). Foi visiting faculty Fulbright no Departamento de Comunicação da Tulane University (Nova Orleãs, EUA) e visiting scholar do Ray C. Bliss Institute of Applied Politics da Universidade de Akron (Ohio, EUA).

Downloads

Publicado

06-08-2022

Edição

Seção

Artigos livres / Artículos libres