CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO: SAGA BRASILEIRA (1963-2013)

Autores

  • José Marques de Melo Universidade de São Paulo

Resumo

Resumo:

As práticas sociais e os estudos correlatos produzidos pela academia nas Ciências da Comunicação eram segmentados por disciplinas e não formam um espaço orgânico. Como campo ao mesmo tempo empresarial, profissional e universitário, a comunicação emerge na sociedade brasileira na década de 1960, mas só ganha legitimidade no período seguinte. Vários fatores convergem para essa nova forma de organização do trabalho e do conhecimento. Neste artigo conheça a saga brasileira, nos seguintes tópicos: o campo em formação, a comunidade acadêmica, as entidades representativas e as perspectivas.

Palavras-chave: Ciências da Comunicação; Trajetória Histórica, Entidades Representativas.

Abstract:

Social practices and related studies conducted by the academy in Communication Sciences were segmented by courses and do not relate to each other organically. As a field that also thrives in business, professional and academic communication emerged in Brazilian society in the 1960s, but only gained legitimacy in the following years. Several factors converge for this new form of work organization and knowledge. The article follows the Brazilian saga and explores the developing field, the scientific community and its representative bodies.

Keywords: Communication Sciences; Historical Trajectory, Representative Bodies.

Resumen:

Las prácticas sociales y los estudios relacionados producidos por la Academia de Ciencias dela Comunicación eran segmentados por disciplinas y no forman un espacio orgánico. Como un campo al mismo tiempo empresarial, profesional y universitario, la comunicación surge en la sociedad brasilera en la década de 1960, pero sólo alcanza legitimidad en el período siguiente. Varios factores convergen para esa nueva forma de organización del trabajo y del conocimiento. En este artículo se conoce la saga brasilera, en los siguientes temas: el campo enformación, la comunidad académica, las entidades representativas y las perspectivas.

Palabras clave : ciencias de la comunicación, trayectoria histórica, entidades representativas .

Biografia do Autor

José Marques de Melo, Universidade de São Paulo

Possui graduação em Jornalismo pela Universidade Católica de Pernambuco (1964), graduação em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (1965), doutorado e livre-docência em Ciências da Comunicação - Jornalismo pela Universidade de São Paulo (1973). Atualmente é professor emérito da Universidade de São Paulo e diretor titular da Cátedra UNESCO/UMESP de Comunicação. Publicou meia centena de livros e coletâneas, mais de uma centena de artigos em periódicos científicos do país e do exterior. Fundou e dirigiu sociedades científicas espaço ibero-americano. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Jornalismo, atuando principalmente nos seguintes temas: jornalismo brasileiro, gêneros jornalísticos, pensamento comunicacional latino-americano, história das ciências da comunicação.

Downloads

Publicado

25-10-2013

Edição

Seção

Artigos / Artículos