CONVERGENCIAS Y DIVERGENCIAS EPISTEMOLÓGICAS EN Y PARA EL ESTUDIO DE LA COMUNICACIÓN

Autores

  • Raúl Fuentes Navarro

Resumo

Resumen

Definir “comunicación” es un resultado de cómo y desde dónde se propone estudiarla y cómo se aborda su problematización y su desarrollo conceptual. La indiferenciada y no debatida proliferación de definiciones genera lo que denunció James Carey hace cerca de cuarenta años, “una contribución al caos de la cultura moderna”. Lejos de pretender autoritariamente una unificación reduccionista, se busca entablar, comunicativamente, una conversación comprometida y responsable entre los agentes del campo.

Palabras clave: epistemología; comunicación; definiciones; conceptos.

 

Abstract

Any definition of "communication" is a result of how and from where its study is proposed, and how its problematics and its conceptual development are addressed. The undifferentiated and non-debated proliferation of definitions generates what James Carey revealed 40 years ago: "a contribution to the chaos of modern culture". Far from claiming for a reductionist or authoritative unification, the article seeks to encourage, communicatively, a committed and responsible conversation between the agents of this field.

Keywords: epistemology; communication; definitions; concepts.

 

Resumo

Definir “comunicação” é um resultado de como e de onde seu estudo é proposto, e como a sua problemática e seu desenvolvimento conceitual são abordados. A proliferação indiferenciada e não debatida de definições gera o que James Carey, há 40 anos, revelou: “uma contribuição para o caos da cultura moderna”. Longe de reclamar uma unificação reducionista ou autoritária, o artigo procura estimular, comunicativamente, uma conversa comprometida e responsável entre os agentes desse campo.

Palavras-chave: epistemologia; comunicação; definições; conceitos.

Downloads

Publicado

04-07-2016

Edição

Seção

Comunicações Científicas / Comunicaciones Científicas