COMUNICAÇÃO POLÍTICA NO FACEBOOK: ELEIÇÕES BRASILEIRAS DE 2014 E AS ESTRATÉGIAS DE CAMPANHA ONLINE

Autores

  • Michele Goulart Massuchin Universidade Federal do Maranhão - UFMA
  • Camilla Quesada Tavares Universidade Federal Fluminense - UFF

Resumo

Resumo

O artigo discute como as tecnologias integram as dinâmicas da comunicação política a partir da presença de novos espaços informativos e do engajamento dos eleitores durante as campanhas. Toma-se como exemplo o Facebook e se faz análise das estratégias de comunicação dos candidatos a presidente e do nível de interação dos usuários neste espaço. O cenário são as eleições brasileiras de 2014 e foram analisadas 803 postagens durante todo o período eleitoral, tendo como base a metodologia quantitativa de análise de conteúdo. Um dos resultados indica que a mobilização e a promoção de agenda predominam nos conteúdos informativos publicados.

Palavras-chave: Tecnologias; Comunicação Política; Redes Sociais; Brasil.

 

Abstract

This article discusses how the technologies are integrated in the dynamics of political communication, based on the presence of new information spaces, as well as on the engagement of the voters during the campaigns. It takes Facebook as an example and makes an analysis of the communication strategies of the candidates for presidency, as well as of the level of interaction of the users in this space. The scenario is the 2014 Brazilian elections and there were analyses of 803 posts during the period of elections, using as a base the quantitative methodology of analysis of content. One of the results shows that the mobilization and the promotion of agendas prevail in the informative contents published.

Keywords: technologies; political communication; social networks; Brazil.

 

Resumen

Este artículo discute cómo las tecnologías integran las dinámicas de comunicación política a partir de la presencia de nuevos espacios informativos y del engagement de los electores en las elecciones. Se utiliza como ejemplo el Facebook y se hace el análisis de las estrategias de comunicación de los candidatos y del nivel de interacción de los usuarios en este espacio. El escenario analizado son las elecciones presidenciales de 2014 en Brasil y fueron analizados 803 posts durante el periodo electoral, utilizándose de la metodología cuantitativa de análisis de contenido. Uno de los resultados indica que la movilización y la promoción del cotidiano del candidato son estrategias predominantes en el contenido publicado.

Palabras-clave: Tecnologías; Comunicación política; Redes sociales; Brasil.

Biografia do Autor

Michele Goulart Massuchin, Universidade Federal do Maranhão - UFMA

Professora adjunta do Curso de Comunicação Social/Jornalismo da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), doutora em Ciência Política pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e mestre em Ciência Política pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). É pesquisadora do Núcleo de Pesquisa em Comunicação, Política e Opinião Pública da UFPR e do Grupo de Pesquisa em Comunicação Política, Partidos e Eleições da UFSCar.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/2274642614968177

Camilla Quesada Tavares, Universidade Federal Fluminense - UFF

Doutoranda em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e mestre em Ciências Sociais Aplicadas pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Professora substituta do Departamento de Jornalismo da UEPG. Pesquisadora do grupo de pesquisa Jornalismo e Política: Atores e representações sociais e do Grupo de Estudos e Pesquisas em Mídias Digitais (GEMIDI), ambos da UEPG.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

04-01-2017

Edição

Seção

Dossiê: Comunicação, Economia, Ética, Direitos e Política / Dosier: Comunicación, Economía, Ética, Derechos y Política