DIÁLOGO: PROCESSO INTERACIONAL E SUAS NOÇÕES NO CONTEXTO DAS ORGANIZAÇÕES

Autores

  • Ivone de Lourdes Oliveira
  • Lara Dornas

DOI:

https://doi.org/10.55738/alaic.v16i30.525

Resumo

Este artigo propõe uma reflexão sobre a perspectiva conceitual do diálogo, presente nos enunciados das estratégias comunicacionais das organizações. Partiu-se das teorias de Braga (2017), Bakhtin (2010) e Bohm (2005) articulando-as para compreender como as organizações utilizam o diálogo em suas estratégias. Percebeu-se que o conceito tem sido apropriado com diversas intenções, o que aponta a necessidade de refletir sobre seu uso e a importância de entender o outro nas interações. Observou-se a necessidade de compreender questões subjetivas, identitárias e institucionais que envolvem a prática comunicativa das organizações, permeada por lacunas, o que torna o processo interacional tentativo, um ensaio, um esforço para comunicar-se. PALAVRAS-CHAVE: DIÁLOGO; INTERAÇÃO; ORGANIZAÇÕES; ALTERIDADE.

Downloads

Publicado

13.08.2019

Como Citar

DE LOURDES OLIVEIRA, I.; DORNAS, L. DIÁLOGO: PROCESSO INTERACIONAL E SUAS NOÇÕES NO CONTEXTO DAS ORGANIZAÇÕES. Revista Latinoamericana de Ciencias de la Comunicación, [S. l.], v. 16, n. 30, 2019. DOI: 10.55738/alaic.v16i30.525. Disponível em: http://revista.pubalaic.org/index.php/alaic/article/view/525. Acesso em: 2 mar. 2024.

Edição

Seção

Dossiê: Comunicação popular, cidadania e mudança social / Dosier: Comunicación Popular, Ciudadanía y Cambio Social