DEU ZIKA NA MÍDIA: UMA ANÁLISE DA COBERTURA MIDIÁTICA SOBRE O AEDES AEGYPTI NO JORNAL O ESTADO DE SÃO PAULO

Autores

  • Ítalo Rômany de Carvalho Andrade
  • Irenilda de Souza Lima

Resumo

O presente artigo tem como objetivo verificar a cobertura midiática do jornal O Estado de
São Paulo em relação ao zika vírus. O levantamento se deu em dois períodos: no ano de
2015 e o segundo, seis meses depois, já em 2016. Em um primeiro momento, houve uma
preocupação da mídia com as grávidas, por causa do elevado número de bebés que estavam
nascendo com microcefalia. No período seguinte, as reportagens passaram a ser publicadas
predominantemente no caderno de Esportes, por causa das Olimpíadas, e um possível fracasso
do evento. Conclui-se que a cobertura midiática muitas vezes deixa em segunda ordem as
relevâncias sociais mais amplas.

Downloads

Publicado

13-12-2019