O JORNALISMO E A MEDIAÇÃO PELOS DISPOSITIVOS MÓVEIS: UMA REFLEXÃO TEÓRICA A PARTIR DA AMÉRICA LATINA

Autores

  • Luan matheus dos Santos Santana Universidade Federal do Piauí (UFPI)
  • Juliana Fernandes teixeira Universidade Federal do Piauí (UFPI)

Palavras-chave:

Jornalismo, América Latina, Dispositivos móveis, Mediações

Resumo

Este artigo busca traçar um caminho teórico-epistemológico a partir da América Latina, que seja capaz de apresentar aportes e subsídios para as pesquisas em comunicação na contemporaneidade, com foco no uso de dispositivos móveis para produção e acesso a conteúdos jornalísticos. Portanto, tem-se como objetivo refletir sobre as principais teorias da comunicação no continente latino-americano e suas contribuições para o jornalismo mediado por dispositivos móveis. Para isso, lançamos mão de uma pesquisa bibliográfica, com diálogo entre os clássicos e as novas teorias propostas por pensadores latino-americanos.

Biografia do Autor

Luan matheus dos Santos Santana, Universidade Federal do Piauí (UFPI)

Jornalista, mestrando em comunicação social do Programa de Pós-graduação em Comunicação (0PPGCOM) - UFPI. Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em comunicação e direitos humanos, jornalismo on-line e dispositivos móveis, comunicação Popular e comunitária, atuando principalmente nos seguintes temas: redes comunicação e direitos humanos, dispositivos móveis, web-jornalismo e comunicação social.

Juliana Fernandes teixeira, Universidade Federal do Piauí (UFPI)

Doutora em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia (Salvador/Brasil) e em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior (Covilhã/Portugal), por meio do regime de co-tutela entre as duas instituições. Realizou entre 2016 e 2018 estágio pós-doutoral na Universidade Federal do Piauí, onde, atualmente, é professora do Departamento de Comunicação Social e do Programa de Pós-graduação em Comunicação Social. É líder do grupo de pesquisa Jornalismo, Inovação e Igualdade (JOII - www.joiiufpi.com.br) e integrante do Grupo de Pesquisa em Comunicação, Economia Política e Diversidade (COMUM-UFPI). Também integra, como pesquisadora colaboradora externa, o Grupo de Pesquisa em Jornalismo On-line (GJOL-UFBA) e o Grupo de Pesquisa Mídia, Jornalismo Audiovisual e Educação (MJAE-UFRJ). Mestre em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina e graduada em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Realiza pesquisas acadêmicas nas áreas de jornalismo audiovisual, telejornalismo, ciberjornalismo e dispositivos móveis e já atuou profissionalmente no campo da assessoria de comunicação.

Downloads

Publicado

23-12-2020

Edição

Seção

Dossiê: Comunicação popular, cidadania e mudança social / Dosier: Comunicación Popular, Ciudadanía y Cambio Social