Lampião da Esquina: decolonial e alter(n)ativo

Autores

  • Muriel Emídio Pessoa do Amaral Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

Palavras-chave:

Jornal Lampião da Esquina; Decolonialidade; Alter(n)ativo; Comunicação

Resumo

A proposta do artigo é de reconhecer o jornal Lampião da Esquina como decolonial e alter(n)ativo, a partir das considerações de Erick Torrico. De acordo com o autor, a ideia de ser alter(n)ativo decorre da necessidade de pensar a comunicação como movimento de alteridade e decolonial. Assim, o jornal Lampião da Esquina não se limita apenas em trazer reflexões sobre a diversidade sexual, mas também de outras minorias como movimento de alteridade e interseccional.

Biografia do Autor

Muriel Emídio Pessoa do Amaral, Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG)

Professr colaborador no Departamento de Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Pós-doutorado em Jornalismo pela Universidade de Ponta Grossa (UEPG), doutor em Comunicação pela Universidade Estadual Paulista (Unesp/Bauru), bolsista Capes/Unesp. Mestre pela mesma instituição, foi professor dos cursos de Jornalismo, Publicidade e Propaganda e Desenho Industrial (virtual) da Universidade Norte do Paraná (Unopar/Londrina).

Downloads

Publicado

06-08-2022