O MELODRAMA VIROU GLOBAL? PRÁTICAS DE PRODUÇÃO E DE CIRCULAÇÃO DA SÉRIE NETFLIX COISA MAIS LINDA

Autores

  • Simone Maria Rocha
  • Marcos Vinicius Meigre e Silva
  • Gabriela Arcas Vieira

DOI:

https://doi.org/10.55738/alaic.v17i31.553

Resumo

Este artigo discute como a série original Netflix Coisa Mais Linda (2019) adotou recursos
melodramáticos para tematizar dramas contemporâneos por reconhecimento e
questões sociais ligadas a construção de subjetividade em um mundo global. Tomando
por base teórica o melodrama e suas marcas singulares latinas e pontuando aspectos
sobre circulação, distribuição e consumo de conteúdos audiovisuais em escala global, a
metodologia empregada alia um estudo de caso à análise da televisualidade e identifica
elementos estilísticos na série que buscaram dar a ver temas universalizáveis, a partir de
marcas locais.

Downloads

Publicado

13.12.2019

Como Citar

ROCHA, S. M.; MEIGRE E SILVA, M. V.; ARCAS VIEIRA, G. O MELODRAMA VIROU GLOBAL? PRÁTICAS DE PRODUÇÃO E DE CIRCULAÇÃO DA SÉRIE NETFLIX COISA MAIS LINDA. Revista Latinoamericana de Ciencias de la Comunicación, [S. l.], v. 17, n. 31, 2019. DOI: 10.55738/alaic.v17i31.553. Disponível em: https://revista.pubalaic.org/index.php/alaic/article/view/553. Acesso em: 18 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê: Comunicação popular, cidadania e mudança social / Dosier: Comunicación Popular, Ciudadanía y Cambio Social